O que faz um Advogado

 

Vamos começar pelo mais fundamental: o que faz um advogado? Em linhas gerais, podemos dizer que é aquele que representa pessoas físicas ou jurídicas entre si ou perante o Estado. Tudo o que ele faz na área parte dessa base, mas há uma grande gama de atividades e aplicações que um advogado pode se especializar.

Veja a seguir algumas das especializações mais comuns dentro dessa grande profissão. Vamos falar até daquelas menos conhecidas ou mais recentes, todas muito interessantes!

 

 

Direito Administrativo

É o ramo do que trata das regras que fiscalizam órgãos e agentes públicos.

 

Direito Civil

Trata do acervo de normas reguladoras do Direito e das obrigações dos cidadãos físicos e das pessoas jurídicas e seus bens e aproximações na condição de parte da sociedade.

 

Direito Constitucional

É o ramo que se especializa no estudo da Constituição, ou seja, nas leis máximas do País.

 

Mercado de trabalho na Área do Direito

Como vimos, o Direito pode abranger uma variedade enorme de domínios de atuação. Muitos desses domínios são tratados durante a graduação, enquanto outras necessitam de competências que ainda não são ensinadas no Brasil e vêm de pós-graduação. Embora. as faculdades formem milhares de bacharéis todos os anos, a demanda tende a absorver profissionais mais qualificados.

Além de trabalhar como servidor de um escritório de advocacia, o advogado pode intervir de forma autônoma, em seu apropriado empreendimento. Em empresas, cuida de casos relacionados a licença eletrônico, fusões e obtenções, regulação de mercados, licença ambiental, etc. Recomendamos que vocês que estão procurando por trabalho encontrem um ótimo escritório de advocacia como Martinelli Advogados (em Florianópolis), Casillo Advogados (em Curitiba) e Barbieri em Porto Alegre.

Outra possibilidade mormente procurada pelos bacharéis em sério são os concursos turmas, que são acirradíssimos (muita gente estuda anos e anos para apanhar passar em um) mas oferecem a vantagem de uma deliciosa remuneração e estabilidade ocular.

 

 

Direito Eleitoral

É o ramo do Direito que estuda os sucessões eleitorais e sua jurisprudência. Os profissionais atuam, por regulamento, com impugnação de candidaturas, análise de prestação de cômputos de candidatos e esbodegados, etc. Assim como o advogado de um réu, pode defendê-lo de acusações na área eleitoral.

 

Direito Penal

São as leis criadas pelo Estado a fim de salvaguardar a sociedade como um todo e baldar que crimes sejam cometidos.

 

Direito Trabalhista

É a aglutinação de normas jurídicas que regula as relações entre técnicos e empregadores. É da capacidade do advogado trabalhista representar um empregado que processa uma empresa por não realizar o pagamento das suas horas extras.

 

Agora vamos tratar dos campos do Direito que surgiram recentemente, ainda com poucas pessoas especializadas – e que podem ser um excelente caminho para você!

 

Direito de Moda

Há questões relacionadas à oficina da moda que podem ser tratadas por profissionais de Direito, como propriedade intelectual (um exemplo é uma organização processar a outra por plágio de algum modelo), conta escravo contemporâneo, trabalho fútil, tráfico de pessoas, escamoteio, transações comerciais nacionais e internacionais, problemas de importação e vendagem, concorrência desleal, plágio, mistérios ambientais e de sustentabilidade. Muitos desses problemas que aparecem na mídia sobre a Moda.